LIÇÃO DIGITAL, estamos preparados para ela?

>> sábado, 25 de junho de 2011

     Para o ensino com o computador na educação são necessários basicamente quatro ingredientes: o computador é claro, o software educativo, o professor capacitado para usar o computador como meio educacional e o aluno. Todos eles têm igual importância, afinal, sem o professor não há educação, sem o aluno não há ensino, sem o computador, não há informática educativa, e sem o software educativo, vira aula de informática. Um ponto que pode levar a uma análise profunda, até mesmo virar assunto para TCCs (Trabalhos de Conclusão de Curso em graduações ou pós-graduações) é o uso adequado dos computadores nas escolas. Um gama de estabelecimentos de ensino, tanto da rede oficial como das particulares, adotaram os computadores como forma de” sair na frente” e se tornar formadores oficiais de escolas informatizadas. Uma competição, que sem um professor capacitado e com uma infraestrutura organizacional de fundo, pode levar ao fracasso escolar.
        Mas como o processo vem sendo feito é que merece uma discussão mais apurada. Certamente o enfoque que merece destaque é a maneira como o computador é usado nos ambiente de aprendizagem. Como o ensino pelo computador contribui para que o aluno, através da máquina, possa adquirir conceitos sobre praticamente qualquer domínio. Entretanto, a abordagem pedagógica de como isso acontece é bastante variada.
       Para ajudar um pouco na discussão sobre o assunto vale a pena ler a matéria publicada na
REVISTA ÉPOCA: A lição digital” >>
EducoAbraços, Angela dos Santos

1 comentários:

LINDOMAR ARAUJO 26 de junho de 2011 23:04  

Olá,
Muito bom acender a chama deste assunto. Mas descordo quanto se aforma que sem o software educativo, vira aula de informática. Isto porque depende da proposta do professor diante do grupo de alunos. Precisamos ficar atento para não tornar esses softwares uma espécie de livro didático, em que todos os alunos tenham que fazer a mesma atividade num determinado tempo. Hoje, a educação está mais pautada nas habilidade e competências, que em conteúdos e os softwares educativos tendem a valorizar os conteúdos frente aos desejos das descobertas individuais dos educandos. A própria web se torna um Objeto de Aprendizagem quando existe uma contextualização previa e um acordo para construção de um determinado conhecimento.
Lidamos hoje com as gerações Y e Z, aquelas que não se limitam ao trabalho linear, mas a uma construção randômica.
Este meu comentário é só uma tentativa de contribuir. Espero.
Muito sucesso e PAZ!

Postagens populares

Total de visualizações de página

Seguidores

  © Blogger templates Inspiration by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP